As pessoas de esquerda nunca se endireitam (ou como só conheço as erradas):

A falta de sentido de humor, a forma gratuita com que ofendem as pessoas, a forma demasiado séria como olham o mundo, o apontar fácil do dedo, a maneira formatada com que pensam, a insistência com que tentam impingir as próprias ideias e, acima de tudo, a incapacidade de ouvirem os outros ou o desprezo com que o fazem.

Sem comentários:

Enviar um comentário