Faz-me revirar o tempo:

Falam-me da tua vida como se te tivessem conhecido e, sem saberem, estão a falar da minha também. Entre o que dizem e as coisas que inventam, não resisto a sorrir porque sobre ti, só eu soube sempre tudo e isso, ninguém me pode matar.

Sem comentários:

Enviar um comentário