You're not the reason I'm leaving:

Não fui eu que quis. Se Deus existisse, saberia que nunca quis ir embora. Falaram comigo no imperativo e usaram o verbo ir contra a minha vontade. Se ao menos eu tivesse o talão que se usa nas lojas para se reclamar no prazo de quinze dias ía lá e dizia que já não queria estas pessoas.

Sem comentários:

Enviar um comentário