Exames, desigualdades e coisas aborrecidas:

Ora dizem os alunos que não foi justo que nem todos tenham tido oportunidade de fazer o exame. E os que não fizeram sentem-se desiguais.

Então e a desigualdade de frequentar escolas com professores e rankings diferentes?
E a desigualdade de ter diferentes recursos para aceder às melhores escolas? Às explicações e condições de estudo em casa?
E a desigualdade que é uns terem pais formados e empenhados e outros não? e terem de ir à segunda chamada?

Esquecem-se que durante todo o ano foram sujeitos a desigualdades e por isso não há mal nenhum repetirem o exame noutro dia qualquer. Quando os argumentos falham tudo serve para fazer barulho.

Sem comentários:

Enviar um comentário