Ódios de estimação:

Vasco Palmeirim.

Sem comentários:

Enviar um comentário