A Ivone e eu:

Ela acha que é razoável uma ginecologista perguntar a uma mulher o número de pessoas com quem já se envolveu.
Eu acho que nada justifica a pergunta embora não me importe de ser confrontada com isso.

Como qualquer discussão, nunca chegamos a nenhuma conclusão. Ela fica com a razão dela e eu com a minha mas é nestas alturas que sentimos falta de uma terceira pessoa para desempatar.

Sem comentários:

Enviar um comentário