A vida é um comboio, este blog esteve para chamar-se assim:

E dei de caras com aquela pergunta: E se voltasses atrás seis anos e meio no tempo?

Desdobrei-me em mil memórias. Seis anos e meio depois, a vida continua um comboio. Não sei se ainda me resta alguma coisa desse tempo. A pessoa que foi não é a mesma pessoa que veio. Sabia que um dia ia olhar para trás e reparar que tudo aconteceu há muito tempo. Mas... E se a pessoa que veio, voltasse atrás, seis anos e meio?

Quantas vezes podemos mudar? 

Sem comentários:

Enviar um comentário