Beijos, pessoas especiais:

Julgar as atitudes à luz do que sabemos hoje é injusto. Ninguém saiu a ganhar: Eu desisti de mim e vocês desistiram de nós. Acobardámo-nos das nossas decisões porque tínhamos muito a perder e um orgulho difícil de engolir. Fomos o resultado de todas as nossas falhas, a soma dos abraços todos que acabaram por desvanecer-se no tempo. Uma conta difícil para quem deixou de contar os anos que foi feliz. Subtraímos tudo e vemos uma multiplicação de momentos que nos dão a certeza que injusto é julgarmos as nossas atitudes à luz do que sabemos hoje.

Sem comentários:

Enviar um comentário