A vida não é para todos:

A vida não é para todos. Há quem não esteja disposto aceitar a alegria de viver nem as curvas durante o caminho. Há quem não tenha aprendido a andar em ponta dos pés e se queixe das dores e mazelas de um dia de trabalho. A vida não é para todos. Não é para os conformistas nem revolucionários porque nos extremos, o entusiasmo dos detalhes, desvanece. A vida é para os que aceitam a felicidade com as duas mãos, sem desconfiar do que aí vem. Sem olhar por cima do ombro, sem pensar que a esmola está a ser muita. Há quem viva com o fuso horário de outro mundo, em desencontro com as circunstancias do tempo. Todos nascem para a vida mas a vida não é para todos. Insisto nesta ideia fascista todos os dias, talvez porque, mesmo estando mal disposta, continuo a achar que isto de viver é bonito para caraças. Há quem não esteja disposto a ver isso e por isso não mereça a vida que tem.

1 comentário:

  1. Confesso que ja tinha saudades da merda que escreves. se bem vinda, p*** porque de gata nao tens nada xD

    ResponderEliminar