A cada um o que é seu:

O problema não és tu. Quando amas e não tens correspondência. Quando ajudas e não vês retorno. Quando estendes a mão e te dão com os pés. Não és tu. Quando te mentem, não há como ficar triste com atitudes que não são tuas. Não és tu quem tem de sentir-se mal por pagar as contas e ir trabalhar todos os dias. O problema não está em ti quando te esforças e falhas. Não está em ti. Quando fazes o que mais ninguém quer. Quando acabas o que os outros começaram. Quando emprestas e os outros te roubam. Não és tu, não te martirizes por problemas que não são teus. Não se ama demais. Não se acredita demais. A culpa mais pesada de carregar é a que não nos pertence. Livra-te disso.

1 comentário:

  1. A menina anda desaparecida!
    Perdeu o interesse ou a inspiração? Mudou de endereço?
    Por favor volte...
    Venha acalentar o espírito de quem se embriaga a escrutinar cada palavra que escreve.
    Até breve. :)

    ResponderEliminar